skip to Main Content

Cidade turva… Neste dia

Cidade Turva…  Neste Dia

“Porque todo dia é dia
Do meu PAI”…

Resolvi caminhar
Pelas ruas, avenidas
Da minha cidade…
Vias sem vida e sem calor, sem cor.
Triste!
Como já disse antes
“Cidade triste”…

De gente torta
De horizonte vazio
De Rio poluído
Mau cheiro a exalar…
Escuro e frio.

De pobres peixes a balbuciar o oxigênio
da água morta…

Caía uma chuva fria
Que parecia lágrimas
Dos peixes querendo viver…
Na tortura do sofrer
Do erro da dor do odor
Feito do homem predador
Poluidor mil do Rio e da atmosfera…
Do ar.
Neste dia sem cor
Até o sol se escondeu
Para não brilhar!
Mas na beira-rio
Ainda existe vida
E flor…

Joselito Dos Reis
10.04.2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top

Send this to a friend