skip to Main Content

Prefeitura de Itabuna reúne profissionais da saúde para ciclo de palestras com foco na prevenção ao “Suicídio”

Prefeitura De Itabuna Reúne Profissionais Da Saúde Para Ciclo De Palestras Com Foco Na Prevenção Ao “Suicídio”

Dando continuidade às ações da Campanha “Setembro Amarelo”, realizada em todo o país com foco na prevenção ao suicídio, a Prefeitura de Itabuna realizou nesta terça-feira, 19, no auditório da Secretaria Municipal de Saúde, um ciclo de palestras sobre a temática “Suicídio”. O evento organizado pela Coordenação de Saúde Mental da Secretaria de Saúde reuniu médicos que atuam na Atenção Primária do Município.

A programação contou com palestras sobre “Transtornos comportamentais disruptivos na infância e juventude”, ministrada pela psiquiatra Thatiana Paz da Silva, que atende no Centro de Atenção Psicosocial (CAPSia), “Transtornos de ansiedade e transtornos relacionados ao estresse na infância e juventude”, ministrada pelo psiquiatra Luiz César Melo Costa, também do CAPS infantil.

A coordenadora do Departamento de Saúde Mental, Naira Cruz, informa que esse ano a ação é voltada especificamente para os profissionais da Atenção Primária e da Atenção Especializada, com o objetivo de oferecer uma melhor assistência as pessoas com transtorno mental. “A roda de conversa é oportuna para atender as dificuldades que os médicos enfrentam no manejo a essas pessoas. Também queremos esclarecer como é o trabalho do Serviço Especializado”, explicou Naira Cruz.

Durante a palestra, o médico Luiz César Melo Costa chamou a atenção para os sintomas da ansiedade, e também da depressão, doença que pode culminar no suicídio. “A Infância é um período de muita riqueza de experiências, por isso é importante que sejam observadas quaisquer atitudes da criança e do adolescente, já que o sofrimento emocional não é externado”, alerta.

Ele ressaltou que a depressão é muito ligada a culpa e a um sentimento de impotência. “O suicídio é uma escolha precipitada e muitas vezes quem quer se matar só quer acabar com o sofrimento. Também é preciso deixar claro que cada pessoa que tira a própria vida, afeta oito pessoas próximas que tinham ela como referência”, informa o especialista.

Em continuidade a Campanha do Setembro Amarelo, novas palestras serão realizadas nos próximos dias 22 e 26, também auditório da Secretaria de Saúde de Itabuna. Durante o mês ainda acontecerão ações pontuais no Centro de Referência de Atendimento a Mulher, no Centro de Referência da Doença Falciforme e em algumas Unidades Básicas de Saúde.

Legenda: Profissionais da área da saúde foram o público-alvo do ciclo de palestras
Legenda: A médica psiquiatra Tatiana Paz da Silva fez uma explanação sobre os transtornos que afetam crianças e adolescentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top

Send this to a friend