skip to Main Content

MORRE AOS 59 ANOS EM ITABUNA O AGENTE JOÃO BATISTA

MORRE AOS 59 ANOS EM ITABUNA O AGENTE JOÃO BATISTA
  • Geral

Vítima de infarto, morreu neste sabado 16, em Itabuna, o agente público estadual lotado na Polícia Civil, desde 1998, João Batista Moura Ferreira. Natural de Itapebi, ele, tinha 59 anos de idade. Antes de ingressar na polícia, foi funcionário público municipal.

Sua morta súbita, trouxe muita tristeza, aos amigos e colegas de trabalho, por se tratar de um exemplar cidadão; um ser humano digno. sempre com um sorriso no rosto e prestativo. Casado, pai r avô. Deixa esposa e 2 filhos. Era, também compositor e cantor. Estava trabalhando para lançar oficialmente, na midia as suas primeiras músicas. O sepultamento do seu corpo aconteceu neste domingo.

Depoimentos de amigos;

“A última vez que estivemos conversando, ele elogiou o meu livro, que lhe autografei, quando estava na ASCOM da Prefeitura de Itabuna (gestão anterior), ele me disse, na qualidade de um grande compositor, que estava musicando minhas poesias!” Declara Joselito dos Reis, com muita tristeza. “Que Deus, nosso Pai do Altíssimo, lhe conceda a luz Eterna. Adeus amigo! Aqui, vc cumpriu com dignidade à sua passagem”. Se conheceram no início dos anos 80, no extinto Diario de Itabuna. Destacou.

Relato de Beleleu:

Com imenso pesar comunico o falecimento do EPC JOÃO BATISTA MOURA FERREIRA, Cadastro 20.305.685-8, Classe Especial, admitido no ano de 1998, servindo na 1ª DT/ITABUNA por força de morte natural abrupta (não violenta). Neste sábado 16 de setembro de 2023.

Nosso querido João, com seu sorriso contagiante era casado, pai de 2 filhos, nascido em 24/06/1964, natural de Itapebi/BA. Simpatia e alegria o destacavam como esteio de alegria entre os pares.

Vamos com todas nossas forças honrar nosso colega nesse momento de despedida, e passagem para o plano dos reinos do mundo espiritual.

João sempre foi uma palavra de leveza e carinho a todos nós, seu sorriso ficará permanente em nossos corações.
https://www.instagram.com/p/CxSmjO1uKSU/?igshid=NmQ4MjZlMjE5YQ==

Este Post Tem 2 Comentários
  1. Por 59 anos João, meu mano John nos brindou com sua presença, amor e doação. Uma pessoa singular, de muita fé, amado pela família, amigos e mesmo por aqueles quem o conhecesse por rápidos instantes, já demonstravam que queriam de fato dar continuidade à amizade.
    Estamos abalados, um desastre sem precedentes ocorreu no dia que meu irmão irfartou. Ele não foi vítima de morte natural. João tinha 59 anos, fazia check up sempre, andava, fazia cooper, jogava bola, mas infelizmente teve que tomar a maldita vacina, por duas vezes, vacina que políticos não se submeteram nem aos seus.
    Ele deixou dois filhos e esposa, além de uma sogra, uma mãe destroçada TB e três irmãs. muitos primos e tios abalados.
    Todos sentimos no momento que o mundo se fechou sobre nossas cabeças.
    Agradeço todas as homenagens sinceras através do Tom, da Difusora, das Coroas, dos amigos e colegas de profissão, da Polícia Civil, instituição da qual fazia parte com orgulho.
    Estava a pouco tempo para enfim curtir a tão esperada aposentadoria.
    Ele seria um avô maravilhoso, assim como foi marido, filho e irmão.
    Para nossa família e uma infinidade de amigos fica a saudade de uma pessoa admirável, homem de fé e sorriso inesquecível.
    Deus o resgatou, mas o decreto para bloqueamento do salário foi decisivo para que tal tragédia ocorresse.
    Meu irmão amado descansa nos braços do Pai.

  2. Por 59 anos João, meu mano John nos brindou com sua presença, amor e doação. Uma pessoa singular, de muita fé, amado pela família, amigos e mesmo por aqueles quem o conhecesse por rápidos instantes, já demonstravam que queriam de fato dar continuidade à amizade.
    Estamos abalados, um desastre sem precedentes ocorreu no dia que meu irmão irfartou. Ele não foi vítima de morte natural. Ele fazia check up sempre, andava, fazia cooper, jogava bola, mas infelizmente teve que tomar a maldita vacina, por duas vezes, vacina que políticos não se submeteram nem aos seus.
    Ele deixou dois filhos e esposa, além de uma sogra, uma mãe destroçada TB e três irmãs. muitos primos e tios abalados.
    Todos sentimos no momento que o mundo se fechou sobre nossas cabeças.
    Agradeço todas as homenagens sinceras através do Tom, da Difusora, das Coroas, dos amigos e colegas de profissão, da Polícia Civil, instituição da qual fazia parte com orgulho.
    Estava a pouco tempo para enfim curtir a tão esperada aposentadoria.
    Ele seria um avô maravilhoso, assim como foi marido, filho e irmão.
    Para nossa família e uma infinidade de amigos fica a saudade de uma pessoa admirável, homem de fé e sorriso inesquecível.
    Deus o resgatou, mas o decreto para bloqueamento do salário foi decisivo para que tal tragédia ocorresse.
    Meu irmão amado descansa nos braços do Pai.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top

Send this to a friend