skip to Main Content

Atração do viver

Atração Do Viver

Usando o amor
Como a razão
E a flor como
A emoção…

Sinto um vento
De paz no tempo
Conciliando minha matéria
À minha alma no existir…

Mas quando tento
Encontrar os sonhos
Da realidade material
Meu espírito dói…
Parece me abandonar…

E tudo se confunde
Numa aventura vazia
Pois o poeta neste ar…
Não queria o “ter”…
Nem queria abraçar
O mundo, às estrelas…

Queria simplesmente ser…
O ser do “ser”…
Do não ter.

Joselito dos Reis
08.02.2024

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top

Send this to a friend